Flora e Fauna de Moçambique

0
783

O Moçambique é rico em fauna e flora. Nas terras altas do norte e no centro do país, há floresta densa, no litoral há os mangais e no sul há savana e floresta aberta. Estes ecossistemas constituem o habitat de várias espécies de animais, como hipopótamos, elefantes, macacos, antílopes, leões, chitas, tartarugas e muitas aves. No país, há o Parque Nacional da Gorongosa, que por causa da sua exuberância paisagística e particularidade da fauna bravia se tornou um dos principais destinos turísticos.

Em Moçambique, há vários rios, como o Zambeze, o Limpopo, o Umbeluzi, o Matola, o Maputo, etc. Moçambique é banhada pelo Canal de Moçambique, uma porção do Oceano Índico. O clima de Moçambique é húmido e tropical, influenciado pela corrente quente do Canal de Moçambique e pelo regime de monções do Índico.

Moçambique é o habitat de uma rica flora com 6000 espécies de plantas, das quais, mais de 300 espécies de plantas estão na lista vermelha da IUCN e 22% são endémicas, uma fauna terrestre com 726 espécies de aves, 171 espécies de répteis, 85 de anfíbios (dos quais 28 são endémicas) e 3075 espécies de insectos.

  • Foram avaliadas 67 espécies da fauna, das quais 47% estão em risco de extinção, sendo necessárias iniciativas de conservação para reverter essa tendência;
  • Mapeamento dos ecossistemas históricos de Moçambique, incluindo um primeiro exercício para executar uma avaliação da Lista Vermelha dos ecossistemas terrestres;
  • Governo está integrando KBAs em seu Plano Nacional de Desenvolvimento Territorial, bem como seu Plano Espacial Marinho, como áreas a serem preservadas;
  • Diretrizes sobre “Negócios e KBAs: Gerenciando Riscos para a Biodiversidade”, traduzidas para o português. Estes identificam boas práticas ambientais que os projetos de desenvolvimento devem seguir quando implementados em ou em torno de KBAs.

A linha de costa tem cerca de 2770 Km e é caracterizada por uma diversidade de habitats que inclui praias arenosas, dunas costeiras, estuários, baías, florestas terrestres, mangais, tapetes de ervas marinhas e recifes de corais.

Os ecossistemas florestais constituídos por florestas nativas e bosques, cobrem cerca de 43% da área total do território moçambicano, dos quais 67% são florestas semi-decíduas, 20% florestas sempre verdes, as florestas de mangal compõem cerca de 1% e outros tipos florestais perfazem 12% dos habitats florestais, Estes tipos florestais albergam uma vasta biodiversidade faunística e vegetal e compõem paisagens únicas.

Novas espécies terrestres e marinhas continuam a ser descobertas em Moçambique, com enfoque para morcegos, aves, répteis, anfíbios, mamíferos, lesmas, e macroalgas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu nome aqui
Por favor digite seu comentário!