O Nottingham respira e pressiona o Luton

0
13

O Nottingham Forest, em desgraça desde que foi sancionado com quatro pontos por violar as regras de lucro e sustentabilidade, conseguiu, em duas rodadas, após empatar com o Crystal Palace no último fim de semana e vencer por 3 a 1 o Fulham nesta terça-feira, respirar aliviado e sair com certa folga das posições perigosas da Premier League.

A equipe comandada por Nuno Espírito Santo conquistou três pontos importantes diante do Fulham, que não está jogando por mais nada na reta final do campeonato, graças a um excelente primeiro tempo em que marcou todos os seus gols.

Callum Hudson-Odoi abriu o placar aos dez minutos. Ele recebeu um passe longo de Morgan Gibbs-White e, dentro da área, não perdoou diante do goleiro Bernd Leno; pouco depois, quase aos vinte, Chris Wood surpreendeu com um chute de longa distância, aumentando a vantagem do Nottingham Forest, e Gibbs-White, quase no intervalo, fechou a conta para sua equipe.

Com o jogo totalmente controlado, o Nottingham Forest diminuiu o ritmo e o Fulham reduziu a diferença no segundo tempo com um cabeceio após cobrança de escanteio de Tosin Adarabioyo. Depois, Kenny Tete acertou um chute na trave, desperdiçando a última grande chance da sua equipe, e os homens de Nuno Espírito Santo somaram uma vitória crucial pela permanência.

Com um jogo a mais que o Luton, o último time que atualmente estaria sendo rebaixado, o Nottingham Forest tem uma vantagem de três pontos sobre o seu maior rival na luta pela permanência na Premier League.

Fonte: Besoccer

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu nome aqui
Por favor digite seu comentário!