Guterres alerta que já não há lugar seguro em Rafah

0
33

O secretário-geral das Nações Unidas, condenou hoje os ataques israelitas a um campo de deslocados em Rafah que ceifaram a vida de muitos civis que procuravam por abrigo. António Guterres disse ainda que já não há lugar seguro na Faixa de Gaza.O lider maximo da ONU manifestou ontem a sua preocupacao com a intensificacao dos ataques de Israel ao territorio palestino. Além de ter condenado os ataques, Guterres apelou para que cessassem os ataques que continuam a dizimar vidas inocentes.De acordo com as autoridades palestinianas, os bombardeamentos israelitas a um campo de deslocados em Rafah, no sul da Faixa de Gaza, causaram no domingo pelo menos cerca de 50 mortos.Segundo avança a imprensa internacional, o Hamas declarou ter disparado uma grande barragem de “rockets” em resposta aos massacres sionistas contra civis”.Enquanto a ONU diz que que o ataque israelita matou civis, Forças de Defesa de Israel dizem que o ataque em Rafah “atingiu um complexo do Hamas, onde operam terroristas importantes” do grupo islamita.Entretanto, o Governo israelita prometeu investigar o ataque das suas forças militares.“Vamos investigar o assunto. Foi realmente sério. Qualquer perda de vidas, de vidas civis, é algo sério e terrível”, adiantou Avi Hyman, porta-voz do Governo israelita, durante uma conferência de imprensa, insistindo que Israel continua a tentar “limitar as perdas civis”, citado pela Lusa.O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, classificou como “um incidente trágico” o ataque aéreo, que foi amplamente condenado pela comunidade internacional.

Fonte:O País

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu nome aqui
Por favor digite seu comentário!