Dólar sobe enquanto mercado aguarda por pistas sobre corte da taxa da Fed

0
46

O dólar subiu nesta terça-feira, 18/06, com o mercado cambial a aguardar por um relatório importante de vendas no retalho dos EUA e comentários de funcionários do Federal Reserve, para avaliar melhor o momento e o ritmo dos cortes nas taxas de juros.

O índice do dólar americano, que mede a moeda em relação ao euro, libra esterlina, yen e três outros pares importantes, subiu 0,11% para 105,39 nas horas asiáticas.

Na segunda-feira, 17/06, perdeu 0.2% ao recuar da alta de 1 mês e meio de 105.80 de sexta-feira.

O dólar tem sido puxado em ambas as direcções, uma vez que as leituras suaves da inflação dos EUA contrastam com uma postura globalmente hawkish dos funcionários da Reserva Federal na reunião de política da semana passada, quando reduziram a sua anterior projecção mediana de três cortes de taxas de um quarto de ponto este ano para um.

Em vez disso, a recuperação do índice do dólar foi principalmente impulsionada por uma forte venda do euro, depois de o Presidente francês Emmanuel Macron ter convocado eleições antecipadas na semana passada, em resposta à derrota do seu partido centrista no poder pelo Rally Nacional eurocéptico de Marine Le Pen nas eleições para o Parlamento Europeu.

“Se olharmos para o fluxo de dados provenientes dos EUA, os dados sobre a inflação e os dados sobre o mercado de trabalho apontam para uma viragem na política da Fed”, apesar da redução das projecções de corte das taxas por parte das autoridades, disse à Reuters, Rodrigo Catril, estratega cambial sénior do National Australia Bank.

“No momento, é o apelo de porto seguro do dólar que o mantém apoiado”, acrescentou Catril, projectando que o índice do dólar permaneceria dentro de sua recente faixa de 104-106 por enquanto.

O dólar pouco mudou para 157,675 yens nesta terça-feira, 18/06.

O euro diminuiu 0.12% para US$ 1.0721, reduzindo parte do aumento de 0.26% da sessão anterior. A libra esterlina caiu 0.07%, para US$ 1.2696.

O euro estabilizou um pouco esta semana, depois de Le Pen ter dado a entender que não tencionava seguir políticas fiscais extremas se estivesse no poder e que não estava a pressionar para a demissão de Macron.

“Está a tornar-se claro que um parlamento suspenso é o cenário de base do mercado, e as cabeças mais calmas argumentariam que qualquer governo que envolva o partido RN de Le Pen é improvável que balance o barco fiscal com muita intensidade”, disse Chris Weston, chefe de pesquisa da Pepperstone.

“Le Pen tem uma eleição presidencial para ganhar em 2027, e isso só pode acontecer se o partido ganhar o respeito do mercado obrigacionista.”

Enquanto isso, o dólar australiano não foi perturbado pela decisão esperada do Banco da Reserva da Austrália de manter as taxas estáveis nesta terça-feira, 18 de Junho, e foi pouco alterado em US$ 0,66115.

“A posição do RBA foi bem telegrafada: eles estão no modo de esperar para ver até obterem mais dados de inflação “, disse Catril do NAB.

“A reacção silenciosa do Aussie não é nenhuma surpresa.”

O dólar kiwi da Nova Zelândia caiu 0.27% para $ 0.61145

Fonte: O Económico

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu nome aqui
Por favor digite seu comentário!