“Não consideramos que a LaLiga esteja perdida. A conquista da Champions é um sonho”

0
12

O atacante Lamine Yamal, uma das sensações da atual temporada de futebol, afirmou que tenta “não pensar demais em toda a pressão” que o rodeia, por estar no Barça. Seu objetivo é “aproveitar jogando futebol” porque “é o mais importante”.

Ele afirmou isso em uma entrevista publicada pelos meios de comunicação do clube azul-grená. “Quando você dá muitas voltas na cabeça é quando vem essa sensação de pressão”, insistiu o jovem jogador da base do Barça.

O atacante admite que gerencia com tranquilidade esse aumento repentino de popularidade. “É algo que não depende de mim. Considero isso como algo externo. Eu me concentro em jogar futebol, sempre converso com minha família sobre tudo e levo isso com muita tranquilidade”, disse.

Lamine Yamal considera que é “um sonho” poder jogar pelo Barça e para ele é “uma experiência única” compartilhar o vestiário com jogadores de renome mundial.

“Estou muito feliz. Tudo é novo para mim, nunca antes algo semelhante tinha acontecido. Minha única intenção é continuar jogando e aproveitando com a camisa do Barça”, disse o jogador.

Ele guarda na memória o primeiro gol marcado como atleta da equipe principal, na LaLiga. “Fiquei muito animado, foi no campo do Granada e lembro muito bem desta estreia com o clube da minha vida”, comentou. Seu próximo objetivo é marcar um gol na Champions, o que poderia quebrar um recorde atualmente detido por Ansu Fati.

Quando questionado sobre o gol que mais tem carinho, a menção do jogador foi ao ponto marcado contra o Mallorca, que garantiu a vitória da equipe. “Foi um sonho se tornando realidade marcar diante da torcida do Barça”, insistiu Yamal, que descreveu marcar um gol com os azul-grenás como “uma libertação, uma emoção” que não consegue descrever.

Ele agradece a Xavi Hernández a confiança que recebeu. “Ele teve um papel principal, pois foi quem confiou em mim. Além disso, ele está me dando muito espaço, estou acumulando muitos minutos nas partidas. Estou muito feliz, muito contente e muito grato à figura de Xavi”, disse.

Ele também coloca em prática os conselhos de Xavi para relativizar a pressão: “O medo é algo que você não deve ter. Pode prejudicar seu jogo. Não traz nada de positivo pensar no medo. Você só precisa ser feliz e aproveitar a bola no pé”.

Lamine admite que driblar é “um ato natural” para ele, algo que sai “sem pensar” e que sempre se inspirou em Leo Messi e Neymar para aprimorar essa habilidade.

Yamal considera que La Masia o ajudou muito “em todos os aspectos”, tanto pessoal quanto futebolístico. “Agora está se provando que o papel da base é fundamental e tem contribuído para que muitos de nós, estejamos no time principal”, afirmou.

Ele acredita que não é necessário estabelecer objetivos na temporada, mas sim chegar o mais longe possível em todas as competições. “Não consideramos a LaLiga como perdida e levantar a taça da Champions seria um sonho”, disse.

Sobre o PSG, o jovem atacante do Barcelona lembrou que, chegando às quartas de final, “qualquer rival é difícil” e que o objetivo do Barça é jogar como fez na eliminação anterior contra o Napoli.

Fonte: Besoccer

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu nome aqui
Por favor digite seu comentário!